sexta-feira, 26 de novembro de 2010

INSPIRADOR!

AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!


ATÉ QUANDO MEU DEUS!?

O que se pode fazer? Até onde suportaremos? E Deus nisso tudo, será que ainda é considerado?
Santa incapacidade, zelo miserável, interesse egoísta, tolerância nenhuma, sensibilidade bruta, amizade covarde, fidelidade nula, ahhhhhhhhhhhh!!!
Interesse pelo Reino? Pelo de qualquer um, menos pelo D'Ele.
Pedidos de oração? Não! É de voto mesmo.
Disposição para ajudar? Só se for amigo, ou que faça algo que interesse.
Vontade em perdoar? De boca é o suficiente.
Não sei, tô confuso, irritado. O que é isso irmão? Podem me perguntar, respondo a vocês, sou humano também.
Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!!!!

QUE DEUS TENHA MISERICÓRDIA! SEMPRE!

TAVA PRECISANDO DISSO.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Púlpito Cristão: Decepcionados com a igreja

Púlpito Cristão: Decepcionados com a igreja: "Muitos são os cristãos que abandonam o convívio das igrejas locais e decidem exercer sua religiosidade em modelos alternativos. Por Mauric..."

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

COMUNICADO



COMUNICADO






Membros da IEAD - Distrito 1 Cem Casas

Santa Ceia Amanhã terça-feira 09/11 

devido antecipação da reforma do templo.

domingo, 7 de novembro de 2010

UMA BENÇÃO DE FAMÍLIA


UMA BENÇÃO DE FAMÍLIA


Salmos 128

1- Bem-aventurado aquele que teme ao SENHOR e anda nos seus caminhos! 
2- Do trabalho de tuas mãos comerás, feliz serás, e tudo te irá bem. 
3- Tua esposa, no interior de tua casa, será como a videira frutífera; teus filhos, como rebentos da oliveira, à roda da tua mesa. 
4- Eis como será abençoado o homem que teme ao SENHOR! 
5- O SENHOR te abençoe desde Sião, para que vejas a prosperidade de Jerusalém durante os dias de tua vida, 
6- vejas os filhos de teus filhos. Paz sobre Israel!

I-                    RESULTADO DE UMA VIDA PIEDOSA (v.1,2)

1-      Evidenciada no temor de Deus (Pv 1.7)

TEMOR- (fobeou) sentimento de reverência, medo e respeito ou emoção desagradável, causada pela sensação de perigo. SAUDÁVEL- reverência ou respeito. PREJUDICIAL- quando há senso de pavor ou terror.
·         A benção está associada (nos dias atuais) à prosperidade material, satisfação física e sentimental, entre outros. Isto de maneira exclusiva. Quando se entende que se não houver temor de Deus, implicará em ausência de sabedoria, que consequentemente culminará em fracasso, perdas, dissabores, etc.
·          
SABEDORIA- (sofia) sabedoria, inteligência ampla e completa; O contrário de (gnosis) conhecimento por si mesmo, principalmente à apreensão da verdade.
A sabedoria é demonstrada em ação, é o poder de pensar a respeito de e observar seus relacionamentos. Excelência mental no mais alto sentido.
A ausência de temor implica em ausência de sabedoria, que podemos entender como (asebia) incredulidade, oposição direta contra Deus, consciente ou inconsciente.

a)      UM EXEMPLO DISSO É ELIMELEQUE (Rt 1.1,2)

ELIMELEQUE- Deus é meu rei
Deixou BELÉM- casa do pão
Levou sua família até MOABE (Dt 23.2), desprezados pelo Senhor.
·         Sua atitude evidencia a falta de temor e incredulidade à providência divina.
·         Aos seus olhos, a permanência em Belém, traria dificuldades. Ao que preferiu levá-los a Moabe. Não pode experimentar da convicção do salmista (Sl 128.2)

II-                  FRUTO DE VIDA CONJUGAL COMPROMETIDA (v. 3a)

1-      O que deve ser feito para que essa videira seja frutífera? (Is 5.1,2)

·         Ambiente adequado (outeiro fértil) OUTEIRO- pequena elevação em um terreno, colina, morro, etc. (Ct 6.8-10)
·         Proteção (cercou-a, edificou uma torre)
·         Conservação (limpando-as das pedras)
·         Reconhecimento (excelentes vides) (Pv 31.28b, 29)
·         Expectativa (construiu um lagar)

2-      Esse fruto trará benefícios exclusivos

AOS LADOS DE TUA CASA- Fala da tenda exclusiva da esposa, que se refere à intimidade do lar, da família e do casamento.

III-                REFLEXO DE BOM RELACIONAMENTO COM OS FILHOS (v. 3b)

OLIVEIRA- Antes de morrer, novos ramos brotam de suas raízes; Pode ser considerada como árvore centenária, pois, pode romper os séculos de existência; Considerada pelos orientais como símbolo de esperança;
Assim também nossos filhos, de maneira que devemos zelar da herança dada pelo Senhor:


1-      Conservando-os junto a nós

·         Qual é o legado que estamos deixando?
·         Qual tem sido nosso investimento? (Hb 11.24-27)

2-      Cuidando para que estejam supridos em suas necessidades cotidianas
(Pv 22.6/Ef 6.4)


CONCLUSÃO


Nossa família detém importância vital para a sociedade e principalmente à igreja do Senhor Jesus. Portanto, todo investimento para a conservação e crescimento dela não deve jamais ser negligenciado, antes, necessitamos dispensar o que for necessário para que nossa família experimente e compartilhe as bênçãos do Senhor.