segunda-feira, 8 de agosto de 2011

E.B.D. em DESUSO... qual a sua posição?



Desuso é a falta de uso, de hábito ou de costume. Muitas coisascaem pelo desuso. A moda, por exemplo, é estritamente ligada ao desenvolvimento social de uma época que determina o uso e o desuso.

A mudança dos paradigmas é o efeito da 'mudança da consciência social' (causa), dos ideais de uma sociedade.

A maioria das pessoas (me incluo entre elas) não se importa em abandonar hábitos antiquados e inúteis para aderir a novos costumes, desde que úteis. A utilidade, aliada à novidade, estimulam o desuso de hábitos imprestáveis.

Em minha última postagem verificamos um exemplo ao avesso. Nossa Suprema Corte, contrariando o Texto Constitucional, ignorou os princípios éticos emanados da Bíblia Sagrada (aqueles que foram positivados por nossos legisladores) para aderir a novos princípios, humanistas, relacionados a esse tempo em que vivemos (pós-modernidade). Resultado: a união homoafetiva agora é reconhecida como união estável. Um escárnio em se tratanto de ortodoxia cristã. Uma família somente pode ser constituída por um homem e uma mulher, mas, como o príncipe deste mundo ainda governa... isso então é possível.

Não me assusta a institucionalização do pecado ou a apostasia desse tempo.

Incomoda-me, no entanto, ver que muitos irmãos, e até líderes cristãos, têm abandonado os bons hábitos que apreendemos com nossos antepassados, deixando de ler, ensinar e manejar bem a Palavra de Deus e de se contrapor aos hábitos mundanos.

Em especial: a Escola Bíblica Dominical - EBD.

Nenhum culto pode substituir a substância espiritual que adquirimos através do estudo sistemático da Palavra de Deus. A Escola Bíblica Dominical é o meio mais fácil e acessível, pois contempla todas as faixas etárias, desde a criança ao adulto.

Neste trimestre estamos estudando A Missão Integral da Igreja(Porque o Reino de Deus está entre vós), cujo comentarista é o Pastor Wagner Gaby, Presidente da AD Curitiba.

Há alguns anos sou professor da EBD e conheço a maioria dos discursos utilizados pelas pessoas que não a frequentm: "é o único dia que tenho para descansar"; "é o dia da família"; "tenho que fazer o almoço"; "tem F1"; etc.

O dano de se deixar de aprender sistematicamente a Bíblia é revelado pelo próprio Senhor Jesus: "Meu povo perece por falta de conhecimento" - Mt 22.29.

Vale a pena correr o risco de naufragar na fé?

Saiba que o conhecimento deve ser exercitado, pois o exercício traz a excelência. A cada dia sem o exercício menos saberá. E, quando o assunto é Deus, todos somos alunos que buscamos a mente de Cristo.

Pior que aqueles que se acham sábios e auto-suficientes são aqueles que são guiados por "revelações". Até o diabo cita as Escrituras quando lhe convém (Willian Sheakespeare). Ter conhecimento é dever de todo cristão, pois nosso inimigo tem enganado muitos com heresias e falsas doutrinas.

Em nossa congregação mudamos o dia do estudo das lições da EBD. Ao invés do domingo pela manhã, adotamos as quintas-feiras a noite durante o inverno. Uma experiência que ainda estamos avaliando. Mudamos o dia, não o costume. Nosso desejo é que a maioria das pessoas participe da EBD, que tenha mais conhecimento e sabedoria, ainda que isto envolva mudar o hábito do domingo.

A EDB está em desuso para você e sua família? Seu filho tem alguma chance de aprender a Palavra de Deus?

Não abandone os bons costumes que aprendemos com nossos patriarcas. Lute contra as circunstâncias que te afastam de prosseguir em conhecer mais o Senhor teu Deus.

FONTE: http://blogdopastorluciano.blogspot.com/




Nenhum comentário:

Postar um comentário