segunda-feira, 23 de julho de 2012

SE QUISER FICAR ESCANDALIZADO, PROBLEMA TEU!!!




Por André Sanchez
Depois que lançamos aqui o artigo 20 versículos que provam que a teologia da prosperidade está CERTA!, muitas pessoas nos pediram para preparamos o embasamento para provar que a unção do riso também está certa. Depois de muita pesquisa, abaixo estão os 15 versos que provam que a unção do riso é realmente uma doutrina correta.

1 – “Então, se prostrou Abraão, rosto em terra, e se riu…” (Gn 17. 17)
2 – “a uns estabeleceu deus na igreja, primeiramente, os que riem sem parar; em segundo lugar, patriarcas; depois, apóstolos, profetas e mestres…” (1 Piada 17. 1)
3 – “Todo aquele que rir sem parar na igreja será salvo” (Ari Toledo 7. 14)
4 – “tempo de chorar e tempo de rir…” (Ec 3. 4)
5 – “Abraão riu e isso foi-lhe imputado para justiça” (1 Sorriso 1. 13)
6 – “não por obras para que ninguém se glorie, mas pelo sorriso” (3 Stand-up 2. 18)
7 – “ria sem cessar” (1 Sorrisossences 5. 17)
8 – “Cada um sorria segundo estiver proposto no seu coração, não com tristeza ou por necessidade; porque deus ama a quem fica rindo na igreja com alegria” (2 Gargalhadas 2. 8)
9 – “o senhor não vê como vê o homem. O homem vê o exterior, deus vê o sorriso no rosto” (1 Humorista 5. 14)
10 – “E disse Sara: Deus me deu motivo de riso; e todo aquele que ouvir isso vai rir-se juntamente comigo.” (Gn 21. 6)
11 – “vinde a mim todos vós que estais tristes e sem unção que eu vos alegrarei” (2 Piadas 3. 2)
12 -“Estevão, cheio de graça e poder, ria sem parar com grandes sorrisos diante do povo” (Atos engraçados 1. 7)
13 – “deus disse a Mosé: Caia no chão rindo, pois o lugar em que estás é terra santa” (1 Brincalhão 7. 4)
14 – “Amados, riamos uns dos outros, porque o rir sem parar procede de deus; todo o que ri sem parar na igreja procede de deus e conhece a deus. Aquele que não ri ou ri pouco, nunca conheceu o deus da piada” (Diversão 4. 7)
15 – “o senhor é meu pastor e muito riso não faltará” (Anedotas 6. 18)
O QUE ACHAM, CREIO QUE A UNÇÃO DO RISO É CORRETA MESMO, NÃO É?


FONTE: http://www.esbocandoideias.com

SÓ NÃO VALE FICAR ESCANDALIZADO!!!




Por André Sanchez

Todos sabem que existem vários versículos que provam veementemente que a teologia da prosperidade está correta. Fiz uma pequena coletânea entre os milhares versos que existem e trouxe a vocês os 20 mais importantes.


1- “Deus quer te abençoar, mas se você não ofertar, Ele não terá poder de fazer isso por você” (II Heresias 3. 16)
2 – “Você pode desonrar seu pai e sua mãe e até deixá-los passar necessidades, mas nunca seu apóstolo” (I Apostolicensses 1.1)
3 – “A oferta é a alavanca que move a mão de Deus a seu favor” (1 Cretinices 4. 3)
4 – “A fé sem ofertas é morta” ( 1 Dólar 1. 8)
5 – “E Jesus entrou em Jerusalém montando seu jumentinho de dez mil talentos” (Juao 15. 23)
6 – “Disse o apóstolo, cheio do espírito, a todos que o ouviam: Minha conta corrente é 1.000/07” (II Conta Corrente 1. 71)
7 – “Assim que a oferta entrar na conta corrente deus dirá ao anjo Money: Destranque as janelas do céu e prenda o devorador na casinha” ( II Malaquias 3.15)
8 – “É com a semente que sai da sua carteira que a obra de deus é realizada na terra” ( I Heresias 2. 8)
9 – “Participe das campanhas de vitória financeira e Deus tirará dos ricos e dará a você” (1 Robin Hood 2. 3)
10 – “E alguns paulistanos foram mais nobres que os de Boraceia, pois semearam nesse ministério em dólar.” ( 1 Tio Patinhas 1. 7)
11 – “deus quer te dar a melhor roupa, o melhor carro, a melhor casa… só não te deu ainda porque você não tem determinado isso a ele com fé” (Absurdicensses 1. 25)
12 – “Assim ordenou também o senhor que os que pregam o evangelho que fiquem ricos com o evangelho” ( I Falácia 1. 1)
13 – “Primiciar é mover a mão de Deus a seu favor e a favor dos donos da igreja” ( I Primicias 1. 1)
14 -“Confia no senhor, dê sua oferta, faça sacrifícios financeiros e os seus desígnios serão estabelecidos” (Absurdicensses 8. 32)
15 – “E Gesuis encontrou no templo os que vendiam bois, ovelhas e pombas e também os cambistas assentados; parabenizou-os pelas boas vendas que faziam, porém, expulsou os que ali oravam e quebrantavam seus corações, mas não ofertavam e nem compravam nada, bem como todo pobre que ali estava, e disse-lhes: A casa me meu pai é casa de negócio e não um covil de doentes e pobres!” (Indireticensses 2. 8)
16 – “É mais fácil passar um camelo pelo buraco de uma agulha do que entrar alguém que não oferta, que não primicia, que não faz sacrifícios financeiros, nas igrejas da teologia da prosperidade” ( Sofismas 3. 12)
17 – “Porque o amor do dinheiro é a raiz de todas as bênçãos” ( 1 Mamon 1. 1)
18 – “Sacrifícios agradáveis a deus são os dízimos e as ofertas; coração que determina e exige, não os desprezarás, ó deus” (Salmos de Mamon 119. 3)
19 – “O maior mandamento é: Amarás a Mamon, teu deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento. O segundo, semelhante a este, é: Honre e oferte aos seus líderes como a ti mesmo” ( 2 Leis de Mamon 2. 15)
20 – “Pelas suas ofertas o conhecereis. Pode, acaso, de um coração cheio de fé e do espírito, sair uma oferta pequena? (Apolion 15. 12)
E agora, sob o ponto de vista desses versículos, concorda que a teologia da prosperidade está certa?

sábado, 7 de julho de 2012

O pastor me proibiu de assistir UFC





Outro dia eu escrevi um texto que despertou a ira de muita gente. Em virtude disso, alguns dos que me leram  ficaram  alvoroçadíssimos, isto porque, eu ousei falar sobre UFC, que na perspectiva destes é um esporte absolutamente maligno. ( leia a matéria aqui)  

Pois é, confesso que o mais me assustou foram alguns dos comentários postados no BLOG e no FACEBOOK. Lamentavelmente teve gente cuspindo maribondo, me xingando de todos os nomes possíveis, simplesmente pelo fato de eu ter afirmado que o "Ultimate Fight Championship" não é coisa do capeta.

Há pouco soube de um pastor que proibiu os membros de sua igreja de assistirem as lutas, visto acreditarem que esse esporte não agrada a Deus. Nesta perspectiva não serão poucos aqueles que não poderão assistir o combate entre Anderson Silva e Chael Sonnen.

Caro leitor, infelizmente sou obrigado a concordar que boa parte dos pastores não conseguem lidar muito bem com o equilibrio e liberdade que Cristo nos outorgou. Diferentemente dos que se consideram donos do rebanho, acredito que proibir não é o melhor caminho no processo de edificação e consolidação na vida espiritual do povo de Deus.  Junta-se a isso o fato de que acredito piamente que o pastor NÃO pode IMPOR sanções, ou "castigos" disciplinares àqueles que por um motivo ou outro resolveram contrariar sua vontade assistindo um combate de UFC. Além disso, afirmo que assistir ou não o UFC encontra-se na esfera da pessoalidade e não doutrinária, o que permite com que o individuo decida segundo a sua consciência se deve ou não assistir as lutas em questão.

Eu particularmente assisti um luta deste esporte, na verdade, eu prefiro muito mais uma partida de futebol a UFC. No entanto, isto não me dá o direito de satanizar os combates ou mesmo de proibir os membros de minha igreja de assisti-los.

Isto, posto, concluo dizendo: Não quer ver, não veja, contudo não condene quem vê, nem tampouco espiritualize o que não deve ser espiritualizado.

Pense nisso!

Renato Vargens

FONTE: http://renatovargens.blogspot.com.br/

UFC é coisa do diabo?





Ultimamente tenho ouvido inúmeras pessoas criticarem ou falarem mal do Ultimate Fight Championship.

Pois é, alguns rejeitam o esporte em questão  por acharem  violento demais, outros, por acreditarem que qualquer tipo de luta marcial é coisa do cão.

Bom, o Ultimate Fight Championship, ou UFC  é um evento de luta realizado periodicamente, que reúne os melhores atletas de MMA ou Mixed Martial Arts (Artes Marciais Mistas). 

Segundo os especialistas no assunto, o UFC é como se fosse a liga dos lutadores e é um dos esportes mais conhecidos e comentados do mundo. Nos Estados Unidos já é considerado o substituto do Boxe, tendo em suas lutas enormes apostas e a presença dos mais variados tipos de celebridades e magnatas.

As lutas são realizadas em um ring chamado de Octagon. Nas regras, a luta acaba ao final do número de rounds (sendo mais comum 3 rounds de 5 minutos nas lutas preliminares e 5 rounds de 5 minutos nas lutas principais) ou quando um oponente é imobilizado ou nocauteado.

Há pouco um irmão amado me disse: Pastor, esse negócio de UFC é coisa do diabo! Um crente em Jesus não pode se envolver com um esporte tão violento como esse! Isso é sangrento demais! Isso sem falar que a prática de artes marciais oferece legalidade a Satanás.

Caro leitor, como já escrevi anteriormente, a capacidade de alguns dos evangélicos criarem factóides é de apavorar qualquer um. Sinceramente parece que estes caras estão usando algum tipo de alucinógeno. Confesso que fico chocado com  afirmações deste povo! Ora, afirmar que o UFC é obra do Coisa Ruim é demais da conta não é verdade?  Tudo bem que as lutas são fortes e em alguns casos demasiadamente violentas , todavia, afirmar que isso se deve ao cramulhão é viajar na maionese.
Prezado amigo, posso dar uma sugestão? Você pode até não gostar das lutas e do UFC, (o que é um direito seu), todavia,  não satanize o que não pode ser satanizado! Não demonize um esporte simplesmente pelo fato de que você o considera violento demais.

Outro ponto importante a ser ressaltado é que NINGUÉM tem o direito de impor suas percepções doutrinárias relacionados a luta esportiva ao povo de Deus. Ouso afirmar, que assistir ou não o UFC encontra-se na esfera da pessoalidade e não doutrinária, o que permite com que o individuo decida segundo a sua consciência se deve ou não assistir as lutas em questão.

Não quer ver, não veja, contudo não condene quem vê, nem tampouco espiritualize o que não deve ser espiritualizado.

Pense nisso!
 
Renato Vargens 

FONTE: http://renatovargens.blogspot.com.br